• Paulo T. Vasconcellos

Os Filhos de Ares.




Do que você tem medo?


Perder o emprego? Ficar sem emprego? Ficar sem namorado? Sem namorada? Ficar sozinho? Ser assaltado? Sequestrado? Perder as economias? Que a Bolsa caia? Ter a poupança confiscada? Que a inflação volte? Que o banco não devolva seu dinheiro? Que você tenha alguma doença? Que seu amor adoeça? Que o médico não cure? Que a tristeza se instale? Que a alegria não venha? Que seus sonhos não se realizem? Que a noite não acabe? Que a madrugada não clareie? Que o sol não nasça?


Deimos e Phobos. Pavor e Terror. Irmãos gêmeos, filhos de Ares e Afrodite. Os que nascem quando o amor encontra a perda.


O medo é arma. Espada que vence a guerra sem sair da bainha. O medo do soldado faz ele se render, o medo do duelista faz ele hesitar, o medo do general faz ele gaguejar.


Coragem é a capacidade de vencer o medo, sua definição por negação. Primeiro se teme, depois se encoraja.


A Coragem é universal, O Medo é particular. Medos falam mais do que vícios ou virtudes. Ninguém precisa de muito motivo para luxúria, orgulho ou gula. É quase o denominador comum da humanidade.


Mas o que você teme fala sobre o que você ama e o que você ama diz quem você é. A maior parte das vezes o medo é a árvore cuja raiz ninguém procura.


Phobos adornava o escudo de Hércules. Deimos o escudo de Leonidas. Ambos eram retratados no escudo de Agamenon e de Aquiles. Alexandre, o Grande, ofereceu sacrifícios a Deimos e Phobos para atemorizar Dario (que fugiu). Grandes guerreiros que traziam o medo ao alcance da mão e o alimentavam. Porque é melhor ter o medo como aliado do que como inimigo.


Deimos e Phobos, filhos e servos de Ares. Derrubadores de lanças e escudos. Soltadores de braços e amolecedores pernas. Os treme-lanças. Que molham as roupas. Que ferem as costas. Armas sem lâmina ou ponta. Cordas que amarram sem nós e correntes que aprisionam sem cadeados.


Quem não conhece seus medos está fadado a ser controlado por eles.

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • cartaicone