• Katy Frisvold

A Roca das Moiras e as Fiandeiras


Entre uma batida e outra do coração surgem as potências criadoras da realidade e da vida. Atemporais e fatais, elas são as irmãs do destino, domadoras de homens e deuses igualmente. Cloto, Láquesis e Átropos fiam, tecem e cortam o fio da vida de todos.

Testemunhas do nascimento até a morte, elas acompanham tudo, provendo a sina de todos. Gentis senhoras, donas do destino, das leis inalteráveis.

Existe uma profunda importância no fiar e tecer na vida das mulheres. É o processo pelo qual o fio é formado, é a prova incontestável e silenciosa da deusa criadora que é cada mulher sobre a terra.

No giro do fuso e da roca, seguindo o ato de tecer padrões e cores, organizamos o universo, destruímos e construímos mundos, seduzimos, enfeitiçamos, vencemos batalhas e resistimos. Tornamo-nos protagonistas da história que contamos nestas tramas. Este tecer é um ato criativo, é a resistência gerada pela Mãe Terra e a transgressão de almas que teimam em atar e desatar seus nós.

Nestes tempos de dificuldades mundiais, é muito fácil alimentar a desesperança. Contudo, este pode ser um período de reavaliação das nossas vidas, nossos valores e nossas metas.

Na correria dos afazeres diários e nos dramas de nossas relações pessoais, quantas vezes nos deixamos levar pelo fluxo alheio e perdemos nosso rumo? Quantas vezes abrimos mão de nos cuidarmos e nos observarmos com mais amor? Por que será que continuamos a repetir os mesmos padrões e erros ao mesmo tempo em que esperamos resultados diferentes?

Tempo. De refletir. De sonhar. De tecer um novo rumo.

Este período é de isolamento é físico, mas não necessariamente social. Nunca, em qualquer ponto da história, estivemos tão conectados uns com os outros. E mesmo assim, nunca estivemos tão distantes uns dos outros quanto agora. Isso demonstra que a qualidade das nossas comunicações pode e deve ser melhorada.

Estamos propondo um retorno à reflexão do Sagrado Feminino, à autoanálise e ao enriquecimento através do compartilhamento de saberes. Estamos construindo as bases do Feminino Místico como um movimento interno de auto-empoderamento.


* Participe da nossa rede social no Facebook: https://www.facebook.com/groups/2457558764460923/ (não se esqueça de responder às perguntas) e receba os links de participação de nossas reuniões virtuais.


* Instale o aplicativo Zoom: www.zoom.us

(disponível para PC, Laptop, Tablet, Android e Iphone)

* Você também poderá participar off-line através dos comentários das gravações que estarão postadas no grupo.


  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • cartaicone